TRUMPS VOLTA A VIBRAR AO SOM DE BRITNEY SPEARS

A maior discoteca gay em Lisboa voltou a dedicar uma noite a Britney Spears. Desde “…Baby One More Time” a “Slumber Party”, e até mesmo a faixas nunca lançadas como “All That She Wants”, a noite foi da Princesa do Pop e dos fãs presentes que vibraram a cada música que passava, mesmo se repetida.

O Trumps voltou a vestir-se a rigor para receber mais uma noite dedicada à eterna Princesa do Pop. Para além da invasão de Britney Spears nos ecrãs LED da discoteca, também o DJ de serviço – Filha da Mãe – encorporou o look usado pela cantora no vídeo “Me Against The Music” e assim ficou durante toda a noite. Quem estivesse na dúvida sobre o tema da noite, rapidamente ficava esclarecido… Já para não falar de algumas pessoas que usaram t-shirts da cantora – “I feel like 2007 Britney” lia-se numa destas.

“Get Naked (I Got a Plan)”, “Boys”, “Clumsy” e “Kill The Lights” foram alguns dos temas que fizeram o aquecimento da noite, antes das irreverentes drag queens subirem ao palco para prestarem a sua homenagem à Princesa do Pop.

Sylvia Koonz vestiu uma cópia fiel ao uniforme usado pela cantora em “…Baby One More Time”, Rebecca Bunny inspirou-se em “I’m A Slave 4 U”, Lola em “Circus” e, por fim, Margemellow foi mais específica e recriou o outfit utilizado na abertura da digressão The Femme Fatale Tour, subindo ao palco para interpretar “Hold It Against Me”.

Feitas as atuações, a pista de dança reabriu e as drag queens permaneceram em palco – alternando entre si – para entreter a audiência durante toda a festa “It’s Britney, Bitch”. O resto da noite seguiu com os mais diversos temas. Apesar da repetição desnecessária de hits como “…Baby One More Time”, “Scream & Shout”, “Toxic” ou “Piece Of Me”, canções inesperadas também fizeram parte do alinhamento como a nunca lançada “All That She Wants”, “(I’ve Just Begun) Having My Fun” ou até mesmo as mais lentas “Criminal” e “Born To Make You Happy”.

Se, por ventura, alguém ainda pensa que Britney Spears apenas é apelativa à comunidade gay, esta noite voltou a contrariar o pensamento com a presença de diversas camadas da sociedade que, com certeza, discordam do estigma à volta da base de fãs da cantora.

A festa acabou ao som de “Everytime” onde as quatro drag queens se juntaram em palco e fecharam esta segunda noite de 2018 dedicada a Britney Spears.

Fotografias da noite podem ser vistas na nossa galeria ou no Facebook oficial do Trumps.

CIRCUS © All rights reserved 2018 - 2020 | Contact {+}
Host:
Flaunt Network | DMCA | Privacy Policy | Layout by Ana Liziane