JUSTIN TRANTER: “A BRITNEY NÃO É DESTE MUNDO”

“Ela é uma mulher incrível”. Foram estas algumas das palavras usadas pelo compositor Justin Tranter numa entrevista à Beats 1 para descrever o processo em estúdio com Britney Spears.

O cantor e compositor Justin Tranter falou sobre a sua experiência em trabalhar com Britney Spears no álbum “Glory”. O compositor trabalhou em conjunto com Julia Michaels em faixas como “Invitation”, “Do You Wanna Come Over?”, “Slumber Party”, “Just Like Me” ou “Better” e, em entrevista a Zane Lowe da Beats 1 divulgou detalhes da postura de Spears em estúdio.

“Da primeira vez que estivemos com ela, ela estava apenas a editar uma música… Ter a oportunidade de ouvir o tom de voz dela na realidade foi mágico”, começou por dizer. “E quanto ela ri e diz uma piada na cabine de estúdio sentes arrepios por todo o teu corpo! Há algo nela que não é deste mundo!

Embora já conhecida a história, Justin voltou a relatar o processo de composição da faixa “Just Like Me”: “De repente, ela sugere um conceito e temos uma música chamada ‘Just Like Me’ em que ela canta sobre alguém que a traiu com uma pessoa parecida com ela. Nunca nos disse se era uma história verdadeira ou não, mas ficámos do género: ‘Wow! A Britney Spears está aqui cheia de energia!'”

Em modo de conclusão, o compositor acha que “Britney Spears é uma mulher tridimensional, incrível e complexa” e revela: “Enquanto compositora, surpreendeu-nos! (…) Quando testemunhas talento diante dos teus olhos é lindo, humilde e chocante.”

ATUALIZAÇÃO (30/06):

O compositor voltou a falar sobre trabalhar com Britney Spears e sobre o álbum “Glory” em entrevista para o site Idolator. Nesta entrevista, os temas foram mais concretos e conseguiram revelar algumas curiosidades até hoje desconhecidas.

  • …Sobre compôr “Glory” com Britney Spears:

“Escrevemos com ela pelo menos metade, ou mais de metade das músicas. Ela estava muito envolvida. Em algumas músicas, o conceito era todo dela… Ela tem melodias incríveis! Por ser uma performer incrível, as pessoas subestimam o seu envolvimento e talento, mas é estupenda!”

  • …Sobre “Do You Wanna Come Over?”:

Escrevêmo-la um dia depois de a termos visto ao vivo em Las Vegas. Mesmo que ela não estivesse connosco em estúdio, nós falávamos com ela… Ela fazia sempre parte do processo.”

  • …A sua música favorite no álbum “Glory”:

Adoro ‘Better’. Acho-a muito feroz e entrou na edição deluxe, por isso, muitas pessoas não falam dela. ‘Just Like Me’ é muito boa também. (…) É difícil, há tantas que eu adoro. É sempre difícil escolher.”

  • …Sobre a recepção do álbum fora da comunidade gay:

Envelhecer para as mulheres na música Pop é muito mau. Não é apenas a idade que conta (…). Os jovens querem dominar as coisas… A geração de hoje quer ter propriedade.”

CIRCUS © All rights reserved 2018 - 2020 | Contact {+}
Host:
Flaunt Network | DMCA | Privacy Policy | Layout by Ana Liziane