DAVID LACHAPELLE: “ALGO NÃO ESTÁ BEM”

O diretor musical David LaChapelle pronunciou-se finalmente sobre “Make Me…” e admitiu que algo nunca esteve certo ao redor de Britney Spears.

Quando pensavamos que o movimento #FreeBritney tinha chegado ao fim, eis que novos testemunhos chegam de pessoas que já trabalharam com a Princesa do Pop.

David LaChapelle – o diretor do vídeo de “Make Me…” – foi quem deu o pontapé de partida. Segundo LaChapelle, foi Britney Spears que decidiu não usar o vídeo gravado por si: “O vídeo não foi lançado porque a Britney não gostou e a sua voz deve ser respeitava enquanto artista.”

No entanto, o diretor revelou alguns detalhes curiosos: “A única direção que ela me deu foi para filmá-la numa jaula. Na altura, não entendi o motivo pelo qual ela queria ser filmada na jaula. Cheguei mesmo a pensar que ela queria ser vista como um tigre, mas olhando para trás parece que queria comunicar algo diferente… Como se estivesse presa.”

David continuou e disse que ficou claro que algo estava errado: Já em ‘Everytime’, a única direção que ela me deu foi que queria morrer. Olhando para trás, parece que eram pedidos de ajuda. Eu conheço a Britney desde os seus 17 anos e, mesmo naquela altura, algo não parecia certo.”

Pouco depois deste desabafo de LaChapelle, chegou a vez de Lotfai – que trabalhou com Britney há alguns anos atrás – se pronunciar: “Tive a oportunidade de trabalhar com ela em Londres há alguns anos atrás e lembro-me de, na altura, sentir tristeza, compaixão e um desejo horrível de a tirar das mãos daquelas pessoas.”

O diretor continuou: “Aquela gravação deixou-me emocionalmente mal. Tive de dizer a uma pessoa que já era controlada o que tinha de fazer… Ela era tão frágil. Cada movimento que ela fazia era analisado pelas pessoas à sua volta. Houve uma altura em que ela tentou dizer-me algo ao ouvido e um dos seus guarda-costas rapidamente se meteu entre nós.”

Lotfai conta que perante a intervenção do segurança, Britney continuou completamente stressada e a apertar os dedos de foma nervosa: “Todas as minhas orações vão para ti, Britney. Não te consegui ajudar, desculpa.”

Estes novos relatos têm estado a fazer com que o movimento #FreeBritney volte a marcar a agenda dos fãs, apesar de a própria cantora ter revelado que estava tudo bem consigo.

CIRCUS © All rights reserved 2018 - 2020 | Contact {+}
Host:
Flaunt Network | DMCA | Privacy Policy | Layout by Ana Liziane