BRITNEY ENTRE OS HERÓIS DE 2017 PELA ROLLING STONE

A Rolling Stone considerou Britney Spears uma das heroínas de 2017. A revista afirma que, apesar da falta de sucesso musical, Spears ainda consegue mantar-se muito relevante.

Com 2017 a chegar ao fim, é dado início às várias listas de fim de ano para os mais diversos temas. A Rolling Stone apostou em elaborar uma Hot List com as pessoas e modas mais faladas do ano. Surpreendentemente, Britney Spears faz parte da lista enquanto a Hot HeroineA Heroína de Fogo. Escreveram:

Quem é que reina o nosso tempo enquanto a madrinha do Pop? It’s Britney, Bitch. Ela não tem um grande sucesso propriamente dito há anos, mas o seu poder de relevância é impressionante – milhões adoram-na e passou os últimos anos a atuar no seu concerto de Las Vegas, onde toda a gente – desde a Beyoncé ao Jay-Z – lá foi beijar-lhe o anel. Conseguimos sentir o sofrimento da Britney mais do que sempre porque ela ajudou a inventar as aflições da vida moderna. Quando a vida social mal existia, a meio dos anos 2000, a Britney simbolizou no quão tóxica se ia tornar. Ela foi torturada a todos os níveis: pelo seu corpo, pela sua atitude, pela maneira de falar, por ser mãe… Agora que nos tornámos em paparazzi, os problemas dela tornaram-se nos nossos. Nos dias de hoje, a América de 2017 é menos sã do que a Britney em 2007 e desviamos o nosso olhar solitário para ela porque, se a nossa menina conseguiu superar tudo aquilo, nós também conseguimos.

CIRCUS © All rights reserved 2018 - 2020 | Contact {+}
Host:
Flaunt Network | DMCA | Privacy Policy | Layout by Ana Liziane