PAI DE BRITNEY SPEARS PODE DEIXAR DE SER TUTOR DA CANTORA

Segundo o The Blast, o posto de Jamie Spears enquanto tutor de Britney Spears pode estar em risco depois de este ter agredido violentamente o filho mais velho de Britney.

Britney Spears tem o seu nome de volta, e em força, aos meios de comunicação social depois de o seu ex-marido, Kevin Federline, ter dado entrada com uma queixa contra o pai da cantora, Jamie Spears, por ter “agredido violentamente” o seu filho mais velho, Sean Preston.

Apesar de este episódio ter custado um ajuste na guarda partilhada entre Britney e Kevin Federline, onde Britney perdeu 20% da mesma, a custódia de Jamie sobre Britney Spears também pode ser revista devido ao mesmo.

Segundo o The Blast, Jamie pode não só perder contacto com os netos, mas perder a sua posição enquanto tutor da cantora. É de relembrar que Jamie ocupa este cargo há mais de uma década, onde recebe um salário pela função.

Fontes próximas dizem que este episódio vai fazer com que Jamie fique no centro das atenções, no que diz respeito à custódia da cantora que tem vindo a ser analisada ao detalhe depois de o movimento #FreeBritney ter começado a pegar fogo pela internet.

O The Blast avança também que os filhos de Britney, assim como Kevin Federline, vão ser entrevistados em tribunal. No final, o juíz vai ter de avaliar a situação e decidir se Jamie pode, ou não, continuar como tutor de Britney Spears.

CIRCUS © Todos os direitos reservados 2018 | Contato {+}
Layout por
Ana Liziane