LARRY RUDOLPH ESCLARECE COMENTÁRIOS

Depois da repercussão criada internacionalmente pelos seus comentários, Larry Rudolph entrou em contato com a Billboard e Variety para se retratar e explicar as suas afirmações.

Depois dos comentários feitos sobre a vida e carreira de Britney Spears, Larry voltou a dar duas entrevistas para se explicar melhor.

“Outras plataformas da imprensa estão a pegar nas minhas afirmações para o TMZ como se eu tivesse a dizer que a Britney não irá trabalhar novamente. Não foi isso que eu disse”, afirmou Larry para a Billboard. “Eu simplesmente disse que a residência em Vegas está agora oficialmente cancelada e que ela não me liga há meses para falar sobre fazer algo, então eu não tenho a certeza se ou quando ela irá querer trabalhar novamente. É simples assim”, completou o empresário de Britney Spears.

Rudolph gerenciou Spears durante a maior parte da sua carreira, desde o seu primeiro álbum, “Baby One More Time”, em 1999. “Eu estive com ela por dois terços da sua vida”, ele diz à Variety. “Eu olho para ela quase como se eu olhasse para a minha própria filha. É muito emocional para mim… e muito duro. Pessoalmente, quero que ela encontre apenas um lugar tranquilo e feliz – o que quer que isso signifique para ela. Não se trata mais de uma carreira – é sobre a vida.”

Rudolph diz que, apesar de Britney ter ensaiado o espetáculo (a residência estava marcada para 13 de fevereiro), o contrato de Las Vegas está efetivamente cancelado.

A decisão foi tomada “não avançar com a residência em Las Vegas”, ele explica, acrescentando que a questão sobre o que ela vai fazer em seguida não é o foco que Spears e a sua família estão preocupados agora. “Ela está a tirar um tempo para se reajustar e colocar a sua cabeça no lugar”, diz Rudolph. “Ela está a colocar-se à frente de todos os outros e estou orgulhoso dela por isso. Se ela nunca trabalhar novamente, então ela nunca trabalhará novamente. O meu papel é lidar com a carreira dela quando ela quiser uma carreira. Se ela voltar forte, cheia de desejo e paixão e quiser fazer isso, ótimo. Se ela precisar se afastar por seis meses ou seis anos, está tudo bem. Para mim, é sobre ela encontrar o seu lugar feliz.”

Larry diz que “A Britney é quem está a focar-se em ficar melhor. Ela está a tratar disso.” Isso contraria a crença apresentada pelo movimento “Free Britney” de que ela está efetivamente presa contra a sua vontade. “Eu entendo o quanto esses fãs a amam e a apoiam e eu amo isso. A parte que me preocupa é que não tem base factual. As questões pessoais com as quais Britney está a lidar são altamente complicadas e a tutela está lá por um motivo. Os tribunais do Estado da Califórnia levam isso muito a sério. Espero que as pessoas permitam que ela tenha o tempo privado dela.”

A equipa de negócios de Spears não está envolvida na tutela, nem é Rudolph que está a par dos seus medicamentos ou vida privada, o que explica porque ele não fala com a sua cliente “há quatro ou cinco meses.” Ao mesmo tempo, Rudolph diz que está feliz que Spears “não está a pensar sobre os seus negócios e a sua carreira – ela está a lidar com essas outras questões. Entendo que se ela não está a ligar-me significa que está a cuidar de si mesma.”

Rudolph entrou em contato com os pais de Spears, mas voltou a dizer que o envolvimento dele é “somente no que for necessário saber.” Ainda assim, ele continua “muito próximo” da cantora.

No que diz respeito à sua música, Spears ainda está assinada com a RCA Records e “em algum momento, ela gravará novamente”, diz Rudolph. “Há um projeto lento em que ela vem a entrar e sair que é o começo de algo.” A Variety informou no início deste ano que o compositor Justin Tranter seria o produtor executivo de um próximo álbum. “Ela voltará quando estiver pronta. Ela trabalha desde criança. Aos 37 anos, ela trabalhou mais do que a maioria das pessoas que atingiram a idade da reforma.”

“Deixe-a ser uma cidadã por um tempo. Ela tem nos dado tanto. Dê tempo a ela.”

CIRCUS © Todos os direitos reservados 2018 | Contato {+}
Layout por
Ana Liziane