JUSTIN TIMBERLAKE EXPLICA “CRY ME A RIVER” EM NOVO LIVRO

O livro autobiográfico de Justin Timberlake foi oficialmente lançado e, como esperado, o cantor relembrou o fim da sua relação com Britney Spears. Segundo Justin, “Cry Me a River” foi escrita horas após ter terminado as coisas com a cantora.

O ex-namorado de Britney Spears, Justin Timberlake, lançou o seu primeiro livro na semana passada. “Hindsight: And All The Things I Can’t See in Front of Me” relata episódios e momentos importantes da sua vida na primeira pessoa e, tal como esperado, Justin não deixou que a sua relação com Britney Spears ficasse de fora.

Apesar de nunca mencionar o nome da Princesa do Pop, o cantor relembrou o momento em que escreveu “Cry Me a River”: “Fui desprezado e estava chateado”, escreveu. “Os sentimentos que tinha eram tão fortes que tive de escrever”.

A música em questão é supostamente dedicada a Britney Spears sendo que Justin incluiu acusações de infelidade por parte da cantora na respetiva letra: “You don’t have to say what you did, I already know, I found out from him.” Os rumores de que “Cry Me a River” é realmente sobre Britney ficaram fortalecidos com o vídeo onde uma mulher parecida a Spears é a protagonista principal.

“Traduzi os meus sentimentos de uma forma que as pessoas pudessem ouvir e relacionarem-se com a letra. As pessoas ouviram e perceberam-me”, continuou. Justin ainda revelou que “Cry Me a River” foi escrita duas horas após o fim da relação dos dois.

CIRCUS © Todos os direitos reservados 2018 | Contato {+}
Layout por
Ana Liziane