#GLORYWEEK: O MOVIMENTO “GLORY”

Segundo muitos fãs de Britney Spears, o seu mais recente trabalho de estúdio – “Glory” – merecia mais sucesso do que o alcançado. Por isso, de modo a fazer alguma justiça ao álbum, a fanbase está a organizar a semana “Glory” (#GloryWeek) onde todos os fãs devem comprar, fazer stream ou dar visualizações aos vídeos do álbum no YouTube para que o trabalho volte à tabela dos mais vendidos à volta do mundo.

Há sensivelmente duas semanas, os fãs de Mariah Carey conseguiram o impossível… Que o seu álbum “Glitter” voltasse ao primeiro lugar dos álbuns mais vendidos no iTunes. O CD fora lançado em 2001 e era, até hoje, um dos álbuns mais injustiçados de Mariah, segundo os fãs.

O trabalho chegou mesmo a regressar à tabela Billboard 200 que contabiliza os álbuns mais vendidos nos Estados Unidos.

Este movimento está a inspirar outras fanbases a criarem iniciativas semelhantes e o Britney Army já tem as mãos na massa e quer fazer o mesmo com o mais recente trabalho da Princesa do Pop que, segundo os mesmos, merecia mais reconhecimento. Falamos de “Glory”. Para além disso, os seguidores estão a aproveitar o facto de o aniversário da cantora estar a chegar para lhe dar este miminho.

Estima-se que “Glory” tenha vendido mais de 500,000 cópias à volta do mundo e menos de 1,000,000. Apesar disso, o primeiro single – “Make Me…” – já recebeu o certificado de platina.

Apesar de a iniciativa estar a focar-se no mercardo norte-americano, não é impossível torná-la um movimento em Portugal e conseguir que “Glory” volte à tabela dos mais vendidos. Sendo assim, deixamos em baixo o necessário para participar na iniciativa:

1. Comprar o álbum

“Glory” pode ser adquirido em vários locais. Ainda assim é mais provável ser encontrado na FNAC, na Worten ou na MediaMarkt. Na FNAC, o CD custa apenas 4,65€, sendo que pode ser comprado via online com portes gratuítos.

Por sua vez, as plataformas digitais também são outra opção (iTunes).

2. Streaming do álbum

Se gastar dinheiro não for uma opção, é sempre possível ajudar via streaming. É apenas necessário reproduzir o álbum através das plataformas digitais como a Apple Music, Spotify, MEO Music, etc.

3. YouTube

Enquadrando-se na opção anterior, visualizar os vídeos “Make Me…”, “Slumber Party” ou qualquer outro vídeo oficial da era também aumenta os números de vendas do álbum.

4. Divulgação da iniciativa

Por fim, é necessário levar a iniciativa a todos os cantos de Portugal. As hashtags #GloryStreamingParty, #GloryWeek ou #JusticeForGlory são apenas algumas das utilizadas.

O vídeo de “Slumber Party” está a menos de 20 milhões de alcançar as 100 milhões de visualizações. Vamos a isto, Britney Army de Portugal!

CIRCUS © Todos os direitos reservados 2018 | Contato {+}
Layout por
Ana Liziane